Librelato

Drogômetros serão testados em dez estados ainda este ano

13/07/2021 Notícias do mundo
Curtiu?  

Um equipamento que pode detectar substâncias como anfetamina, cocaína, MDMA, THC, além de outras drogas, começará a ser testado nas rodovias federais de dez estados neste semestre. Os drogômetros irão ser usados em conjunto com os bafômetros, para uma fiscalização de tráfego mais eficiente, reduzindo acidentes e mortes no trânsito.

Nos últimos dois anos, o número de motoristas flagrados dirigindo sob o efeito de substâncias psicoativas praticamente dobrou nas rodovias federais brasileiras. Segundo levantamento da Polícia Rodoviária Federal (PRF), somente nos quatro primeiros meses de 2021 foram aplicadas 390 multas por dirigir sob o efeito de drogas psicoativas.

“Enquanto o número de infrações por dirigir sob o efeito de álcool cai, cresce a incidência de motoristas flagrados dirigindo após consumir drogas. A maior dificuldade na identificação de sinais de uso de substâncias ilícitas pelos motoristas torna urgente a regulamentação e uso desse aparelho no país assim como já acontece há mais de dez anos em outros lugares do mundo”, afirma o diretor científico da Associação Mineira de Medicina do Tráfego (Ammetra), Alysson Coimbra.

Durante os próximos meses, mais de 9 mil testes serão realizados nas rodovias federais, com apoio do Ministério da Justiça, Polícia Rodoviária Federal e Hospital de Clínicas de Porto Alegre.

“As coletas ocorrerão exclusivamente em rodovias federais, em dez estados selecionados”, informa o ministério por meio de nota.

Durante os testes, caso o motorista seja flagrado pelos equipamentos, não serão multados, já que na fase de pesquisa, os equipamentos ainda não estão certificados.

A Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (SENAD) esclarece que a pesquisa tem como objetivo ‘obter detalhamentos suficientes sobre a operabilidade e confiabilidade dos equipamentos, a fim de que seja possível propor as especificações técnicas mínimas necessárias à regulamentação de seu uso’.

A pesquisa avaliará a confiabilidade dos resultados dos testes, que serão confirmados em laboratório, e a percepção do policial na utilização dos equipamentos e eventuais dificuldades no uso cotidiano.

Constatadas sua segurança e eficácia, eles serão usados nas fiscalizações de trânsito em, ao menos, cinco estados participantes do programa Em Frente, Brasil.

Para mais informações, acesse: https://bit.ly/3qTzmen

Conheça nossos
implementos rodoviários

Fale com nossos representantes
Alerta de cookies

Nós utilizamos cookies – incluindo cookies de terceiros - para coletar informações sobre como os visitantes utilizam o nosso site. Eles nos ajudam a oferecer a melhor experiência possível aos nossos usuários, a melhorar constantemente o nosso site e a fornecer melhor navegação com os seus interesses. Se continuar a navegação, você concorda com a utilização destes cookies.

Ver nossa Política de Privacidade e Termos de uso.