Librelato

Produção de caminhões em 2020 passa das 90 mil unidades

12/01/2021 Notícias do mundo
Curtiu?  

A fabricação de caminhões no Brasil fechou o ano de 2020 com 90.936 unidades produzidas. Apesar da produção ter crescido em dezembro de 2020, no comparativo com dezembro de 2019, o número total de unidades fabricadas no país ficou quase 20% abaixo do total de 2019.

Em dezembro foram produzidas 10.485 unidades, ante 5.974 unidades de dezembro de 2019. Crescimento de 75,5%. Já no comparativo de dezembro com novembro passado, a produção caiu 8,6%. Em novembro foram fabricados 11.474 unidades.

No total, em 2019, foram produzidos 113.476 caminhões no país, 19,9% a mais que em 2020. No início de 2020, antes da pandemia, a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (ANFAVEA), estimava um crescimento na produção de caminhões de cerca de 16%.

De acordo com a entidade, a pandemia afetou fortemente os resultados de 2020, interrompendo um ciclo de três anos de recuperação após a crise de 2015/2016.

Apesar do tombo, o segmento dos caminhões foi o menos afetado, graças ao impulso do agronegócio e pelo crescimento do e-commerce.

Projeções para 2021

Apesar de ainda ver uma “neblina” no horizonte, a ANFAVEA destaca que os números de 2021 deverão ser próximos aos de 2019. A entidade prevê aumento de 15% no licenciamento de veículos, considerando todos os segmentos, com 9% de crescimento nas exportações e 25% na produção.

“Nunca foi tão difícil projetar os resultados de um ano, pois temos uma neblina à nossa frente desde março, quando começou a pandemia. Infelizmente, observamos uma segunda onda de covid-19 em países do hemisfério norte, que parece ter chegado também ao Brasil. E sabemos que uma imunização pela vacina será um processo demorado, que tomará quase todo o ano, impedindo uma retomada mais rápida da nossa economia. Some-se a isso a pressão de custos, as necessidades urgentes de reformas e surpresas desagradáveis como o aumento do ICMS paulista, e temos diante de nós um quadro que ainda inspira muita cautela nas nossas previsões”, resume o Presidente da ANFAVEA, Luiz Carlos Moraes.

Para mais informações, acesse: https://bit.ly/2LmEVBB

Conheça nossos
implementos rodoviários

Fale com nossos representantes
Alerta de cookies

Nós utilizamos cookies – incluindo cookies de terceiros - para coletar informações sobre como os visitantes utilizam o nosso site. Eles nos ajudam a oferecer a melhor experiência possível aos nossos usuários, a melhorar constantemente o nosso site e a fornecer melhor navegação com os seus interesses. Se continuar a navegação, você concorda com a utilização destes cookies.

Ver nossa Política de Privacidade e Termos de uso.